"A igreja essencial tem menos de nós e mais de Deus. Menos programas e mais amor, menos teoria e mais prática." Helder Roger

Nossos valores:

1) Comunhão com Jesus, através do Espírito Santo
2) Relacionamento de companheirismo e crescimento entre os seguidores de Jesus
3) Cumprimento da missão deixada por Jesus

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Encontro de Pequenos Grupos Protótipo em Pouso Alegre

Com o tema "Comunidades de Relacionamento", o encontro no Cenáculo do CAP - Pouso Alegre, no dia 19 (outubro), foi marcado por seminários, testemunhos, atividades em grupo e por um ótimo ambiente de reflexão sobre o tema. Estiveram presentes cerca de 50 líderes de Pequenos Grupos de quatro distritos do Sul de Minas (Camanducaia, Monte Sião, Itajubá e Pouso Alegre). O Pequeno Grupo Protótipo é a inicialização dos que se tornarão futuros líderes de PG's. Geralmente é coordenado pelo pastor distrital que mais tarde organiza a rede de PG's, a medida que surgem mais grupos. Sobre o encontro, a líder associada do Pequeno Grupo "Ebenezer", Cristiane, afirmou: "Nunca vi um movimento de amor como este". O senso de comunidade envolveu todos os presentes como sendo a essência das reuniões de Pequenos Grupos.

Uma saudação especial aos pastores que trouxeram sua caravana de líderes das cidades vizinhas (Pr.Aécio, Pr.Ednaldo e Pr. Ailton) e ao nosso coordenador regional de Pequenos Grupos, Pr. Gustavo - Dept. Jovem.








segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Mensagem 01 - Comunidade Jovem PA


Esta mensagem faz parte do primeiro programa da COMUNIDADE JOVEM PA (05/10/2013), chamada Acústico Jovem, sob o título: "Se beber, não case!". Estiveram presentes 60 pessoas que adoraram a Deus através de louvores musicais e instrumentais. "Sentimos a presença do Espírito Santo entre nós!". Também paramos para ouvir Sua mensagem através do pastor da comunidade, Anderson Beiral.











O início das comunidades através do PROTÓTIPO

video
Para você que deseja viver uma experiência empolgante de crescimento cristão viva em comunidades de relacionamento. Procure o seu pastor e formem um Pequeno Grupo Protótipo. Este grupo desenvolverá sua visão e aplicação dos conceitos que fazem parte de uma comunidade. Isso é nada menos que viver na práticas as ações do corpo de Cristo aqui na Terra, é a real experiência da igreja.

Viver em comunidade é uma necessidade!


quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Estudo 01 - para Comunidades Relacionais (PG)


COMO SUPERAR A CRISE
A equivalência da palavra crise no latim é vento. A crise na vida das pessoas é como um vento; às vezes mais suave, outra vez, forte como uma tempestade. Foi isto que aconteceu com os discípulos quando estes atravessavam o lago sob uma forte tempestade. Então, Jesus foi até eles e parou aquele forte vento.

 A crise produz medo, ansiedade, angústia e até mesmo uma profunda depressão. Ela vem de várias maneiras e atinge a vida pessoal, familiar ou organizacional. Ela desequilibra o emocional e pode trazer sérias enfermidades. As crises podem acontecer por causa de más escolhas, pela circunstância que se vive e até mesmo para testemunho e crescimento da própria pessoa. Você está sofrendo por algo? O que precisa entender para lidar com as crises e superá-las?


1.    Como era a estrutura física, mental e espiritual do Homem, antes do pecado?  E qual responsabilidade Deus deu ao Homem? Gênesis 1:26.
..........................................................................................................................................................
Tanto o homem quanto a mulher foram feitos a “imagem e semelhança” de Deus. Isto significa que eram perfeitos em todas as faculdades física, mental e espiritual. Não havia desequilíbrio na vida emocional ou limitações causadas pelo pecado. Nem a morte fazia parte de suas vidas (Romanos 3:23). Tudo era perfeito! 

2.    Quais foram as consequências que vieram logo após o pecado? Gênesis 3:10, 16, 19, 23, 24.
..........................................................................................................................................................
A desobediência a Deus trouxe sérias consequências. O pecado entrou neste mundo e com ele a morte (Romanos 5:12). Perdemos a autenticidade da imagem e semelhança com Deus. Tudo ficou desequilibrado pela ação do pecado. E a primeira coisa a ser atingida foi o relacionamento, entre o homem e a mulher, e de ambos para com Deus (Gênesis 3:7-8; Isaías 59:1,2).

3.    O que Jesus afirmou que haveria nesse mundo? João 16:33
..........................................................................................................................................................
O mal tomou todo o nosso planeta. Mas quando Cristo esteve aqui na Terra foi vencedor de todas as situações e circunstâncias ruins (Hebreus 4;15). Por isso nos pede para termos bom ânimo, porque Ele venceu. E pode nos dá a vitória! (Romanos 8:37; Filipenses 4:13).
4.    Que tipos de “crise” são identificados na vida destes personagens: Jacó, Elias, Jó, João Batista, Jairo e Davi? Gênesis 32:6,7; 1 Reis 19:2,3,4; Jó 1:13-21; 2:7,9; Mateus 11:2,3;  Lucas 8:49,50; Salmos 32:3,4
..........................................................................................................................................................
Todos que vivem depois da queda do Homem estão sujeitos a alguma dificuldade na vida. Veja alguns exemplos: 1. Jacó - Medo da vingança do irmão (más escolhas; problema familiar); 2. Elias - Medo de enfrentar as ameaças da rainha, depois de ter superado obstáculos muito maiores (fé espiritual abatida; desgaste físico e emocional); 3. Jó - Perda da criação, empregados, filhos e saúde – desespero da esposa (vida material, física e familiar); 4. João Batista – Fé abalada (insegurança espiritual); 5. Jairo – Enfermidade de morte de sua filha (saúde familiar); 5. Davi – Os pecados pesavam sobre ele (vida espiritual).

5.    Quando Adão e Eva pecaram, entraram em crise; quem tomou iniciativa de ir até eles? Gênesis 3:8,9
..........................................................................................................................................................
Não importa a crise que estejamos passando, Deus é o único que pode nos ajudar. Ele está ao nosso lado a todo instante; intercede e nos acompanha em nossas fraquezas (Isaías 41:10; Romanos 8:26).

6.     O que devemos fazer em meio a crise? Mateus 11:28; I Pedro 5:7

..........................................................................................................................................................
Faltou vinho numa festa de casamento. Isso poderia ter causado um grande transtorno para o dono da festa e os convidados. Como resolver esta dificuldade?  Embora as pessoas ali não tivessem noção do valor da presença de Jesus entre eles, Ele era a solução.  Maria, sua mãe, disse ao organizador da festa que deveria ir a Jesus e fazer tudo que Ele dissesse. Então foram a Jesus, ouviram-no, e fizeram conforme Sua orientação. E o problema foi resolvido.  A falta de vinho para os convidados resultou num grande milagre. Jesus transformou água em vinho (suco da vide) (João 2:1-10). Da mesma maneira, não importa o tipo de dificuldade que estamos passando, devemos ir a Jesus lançando sobre Ele todas as nossas dificuldades, deixando que nos instrua e faça o melhor.
Mas lembre-se, buscar a Jesus com todas as suas forças! Crendo que o socorro vem dEle em meio as tribulações, mesmo diante do vale da sobra e da morte. Creia que Ele estará ao seu lado! (Jeremias 29:13; Salmos 121:1, 2; 46:1; 23:4)

7.    Qual foi o conselho de Jesus aos que vivem ansiosos quanto ao que haveis de comer, beber e vestir? Mateus 6:27, 33, 34
...........................................................................................................................................................
Cuidado com as atividades do dia dia. Quando não se estabelece prioridade e grau de importância, elas minam as forças gerando profunda ansiedade. A confiança em Deus, a fé, fica abalada. E se torna mais difícil remover ou sair das crises.

Pedro também estava dentro do barco quando houve aquela forte tempestade; era uma crise. Os discípulos estavam apavorados. Mas só quando ele caminhou até Jesus, por sobre as águas, é que teve segurança e calma interior para sair do desespero. A tempestade ainda não havia cessado, mas caminhava com segurança. Ele começou a afundar somente depois que passou a olhar para o vento. Mais tarde Jesus fala da fragilidade de sua fé. Mas não importa o que esteja acontecendo em sua vida, hoje. Lembre-se, quando Pedro afundou, ele gritou a Jesus com todas as suas forças: “salva-me, Senhor!”. Jesus o levantou e logo após fez cessar o vento (Mateus 14:22-32).

Meu compromisso de discípulo:

(     )  Aceito que Jesus está ao meu lado em todos os momentos, até
          os de crise.
                (     )  Quero entregar a Ele, todos os meus fardos e ansiedades.
                (     )  Pela fé (confiança) em Jesus, desejo prosseguir em paz colocando o Seu 
                          Reino e Justiça como prioridade de minha vida.


Nome:___________________________________Data___/___/____.

pgsulminas.blogspot.com